Ambientes leves para trabalhar

Espaços coloridos, divertidos e confortáveis fazem toda a diferença em ambientes corporativos – veja, a seguir, duas empresas que seguem essa filosofia com criatividade

Texto: Raíssa Germano | Fotos: Julia Ribeiro | Adaptação web Caroline Svitras

Com apenas 50 m², a Bike Room pertence a um apaixonado por bicicletas que transformou o hobby em profissão. Para ter um espaço que pudesse receber clientes, fornecedores e até seus amigos, convidou o escritório de arquitetura 2Two Design para ajudar nessa missão especial.  O espaço já estava bem formado estruturalmente, então o foco foi na decoração. A designer Karina Salgado, então, atenta aos desejos do cliente, permeou o projeto com tons masculinos e neutros, como preto, cinza e branco. O toque de cor ficou por conta dos quadros da artista Bia Betancourt.

 

Urbano

Para reforçar a ideia de décor industrial, quase todas as paredes foram revestidas com tijolos, da Palimanan, e a laje ficou aparente com as suas tubulações, por isso a evidência das eletrocalhas com spots. Para completar, as bikes preferidas foram penduradas em alguns suportes.

Solução simples

Como era preciso movimentar bikes, Karina deixou uma circulação maior. A mesa para reuniões é a Saarinen com tampo de mármore carrara e foi acompanhada da cadeira de trabalho Herman Miller e de cadeiras giratórias. Móveis com “cara de casa”, estante de ferro e mesa de centro de tora completam a decoração. A parede ao fundo recebeu uma tinta (Idea Paint) que pode ser rabiscada com pincel atômico.

 

Apenas 40 m² foram suficientes para deixar a agência de turismo LG jovem e descontraída. A arquiteta Sandra Pini transformou o único ambiente disponível em um projeto bem aproveitado e com a cara dos donos, que pediram um lugar prático e claro.

Da terra da rainha

Um dos roteiros mais procurados pela agência é a Inglaterra – em especial a sua capital, Londres – e, por isso, ela foi escolhida para ser o destaque do lavabo. O papel de parede foi feito por meio de um banco de imagens e transformado em um adesivo. A bacia é da Deca e o piso é um porcelanato (Portobello).

Bom atendimento

O espaço de trabalho em si conta com mesas personalizadas laqueadas e cadeiras de Philippe Starck (Kartell). Sobre elas, luminárias de arame (La Lampe) dão leveza e ainda mais modernidade ao espaço. Para filtrar um pouco a profusão de luz natural, a cortina Bellflex (Hunter Douglas) dá conta do recado.

 

Revista Casa e Construção Ed. 137

Adaptado do texto “Para trabalhar com prazer”