Apartamento com passagens mais amplas foi planejado para idosos

Texto Daniela Espinelli | Fotos Sidney Doll

Planejado para um casal de idosos, este projeto teve como requisito passagens mais amplas. Confira!

Apartamento com passagens mais amplas foi planejado para idosos

“Desenhamos no vazio”, explica Bruna Turquiai, que comanda o IBD Arquitetura e Interiores com Daniele Capo e Italo Priore. A explicação é que os profissionais primeiramente definiram a circulação – sempre com, pelo menos, 80 cm – para depois traçarem o layout. A necessidade se deu porque o apartamento foi feito para um casal idoso que, futuramente, poderá precisar de algum amparo na locomoção e, portanto, necessitava de espaço.

Apartamento com passagens mais amplas foi planejado para idosos

A escolha de posicionar o sofá (Nino), de algodão, de costas para o banco (Restaurante) que dá apoio à mesa (Copacabana), com tampo de vidro, se deu para que não fosse preciso “abrir” dois caminhos e, assim, ganhar centímetros na planta de 75 m2 e circulação ampla. Todos os móveis da sala são do Fernando Jaeger Atelier e trazem um visual contemporâneo à integração – reforçada pelo tapete (Mouve, Phenicia Concept), de 3,6 x 2,6 m, que unifica estar e jantar.

A praticidade, sobretudo de limpeza, também foi levada em conta, por isso a opção por piso vinílico (Manaca, HomeFloor) e persianas de madeira.

Destaque reluzente

Apartamento com passagens mais amplas foi planejado para idosos

Na porta de entrada e em um dos nichos da cozinha, o que brilha é o cobre por meio de um laminado (Formica) com o tom metalizado. “Ele trouxe um ar nobre com um investimento baixo”, justifica a designer Daniele Capo.

Sem definições

Apartamento com passagens mais amplas foi planejado para idosos

O móvel da entrada foi desenhado pelo escritório e confeccionado em MDF com melamina (Formica). Multifuncional, dá suporte à cozinha e é aparador para sala e para quem entra – para as chaves, carteira, bolsa etc.

União

Apartamento com passagens mais amplas foi planejado para idosos

Para mais fluidez, espaço e interação, a parede entre a cozinha e a sala foi parcialmente aberta. A ideia  é que esse aparador formado sirva de apoio às refeições.

Toque retrô

Apartamento com passagens mais amplas foi planejado para idosos

A proposta desta cozinha era ser prática e com um leve toque retrô – enfatizado pela escolha dos puxadores. A marcenaria foi projetada pelo escritório e teve predominância no acabamento melamínico preto. O contraste se dá pelos nichos: um cobre e o outro amadeirado, que começa no balcão e se estende para a sala. O granito preto São Gabriel na bancada acompanha a paleta e o frontão com espelhos lapidados dá amplitude visual.

Truque

Apartamento com passagens mais amplas foi planejado para idosos

A parede que dividia a sala foi demolida para o quarto ganhar mais metragem. O painel da TV, então, é o fundo de um guarda-roupa, que foi revestido por papel de parede. Perceba que o material se estende até a porta do quarto, criando continuidade.

Varanda

Apartamento com passagens mais amplas foi planejado para idosos

Para que houvesse mais ventilação e incidência de luz natural, as áreas de permanência do estar foram posicionadas próximas à abertura da varanda. Esta, a propósito, foi nivelada e ganhou um deck de madeira cumaru (Madel Concept) como piso. A paleta do apartamento foi trabalhada mantendo a base neutra com pontos de cor. Na sacada, a escolha foi pelo verde, utilizado para remeter um pouco à ideia do campo e das áreas de lazer.

Apartamento com passagens mais amplas foi planejado para idosos

A mesma marcenaria da cozinha foi adotada na varanda. Porém, este ambiente traz frontão com geométricos ladrilhos (Calu Geo Preto, Decortiles) e cadeiras com estofado verde (Clip, Fernando Jaeger). Ao fundo, um móvel camufla as condensadoras do ar-condicionado e faz as vezes de aparador.

Luz inteligente

Apartamento com passagens mais amplas foi planejado para idosos

Sobre a mesa de jantar (Nômade, Fernando Jaeger) de seringueira, despontam três pendentes metálicos (Efeitoluz) com formatos diferentes. “A ideia foi dar movimento”, explica o arquiteto Italo Priore. No central, foi inserida uma lâmpada com Bluetooth que pode acionar o alto–falante para escutar músicas.

Quarto da esposa

Apartamento com passagens mais amplas foi planejado para idosos

Por mais comodidade, o casal preferiu ter quartos separados. Este é o da esposa e foi planejado com tons de azul para trazer tranquilidade. Eles aparecem pontualmente na parede (Noite Calada, Suvinil) e na roupa de cama (3 Irmãs Concept). Para maior acolhimento, um painel de MDF branco divide a parede principal – as laterais dão continuidade com tinta.

DETALHES

Sobre o painel, quadros ficam apoiados (fotos, Henrique Ribeiro). A cabeceira é de MDF com laminado. Abaixo, o banheiro social destaca o porcelanato que imita madeira (Portobello) e o gabinete com laminado e laca azul. A cuba (Sabbia, Barotti Design) traz um conceito moderno, reforçado pelo misturador preto (Celite).

Apartamento com passagens mais amplas foi planejado para idosos

Solução

Apartamento com passagens mais amplas foi planejado para idosos

Como havia um pilar, não era possível dar continuidade ao guarda-roupa. Então, os profissionais criaram uma estante com nichos e painel de TV. Tudo de MDF com laminado.

Quarto do esposo

“Abraça” a cama O lambri de MDF acomoda a estrutura criada e enfatiza a área da cama.

O quarto do esposo veio com um interessante conceito visual: a persiana se estende até a cabeceira, que conta com um adesivo (Solugraf) de “cidade”, remetendo a uma grande janela.

TUDO PENSADO

Apartamento com passagens mais amplas foi planejado para idosos

O armário, de MDF com laminado e espelhos, ganhou portas de correr para poupar espaço. A suíte conta com a mesma proposta do banheiro social, com diferença do gabinete amadeirado e da cuba esculpida na bancada de quartzo Super White.

De olho na planta

Apartamento com passagens mais amplas foi planejado para idosos

Por onde cirular? Como já dito, o layout foi feito depois que foram traçadas as tão importantes áreas de circulação. As principais mudanças estruturais se deram na cozinha, onde só permaneceu meia parede, e entre a sala de TV e um dos quartos – hoje divididos pela estrutura de marcenaria projetada pelo escritório, a fim de ganhar mais espaço.

Revista Casa & Construção – Ed. 132

Apartamento-com-passagens-mais-amplas-foi-planejado-para-idosos