Dicas e inspirações para home theater

Assistir aos filmes preferidos no conforto do lar é sempre uma boa pedida. Veja como ter um home theater e aproveite as sessões particulares!

Texto: Juliana Duarte | Foto: Daniel Mansur | Adaptação web Caroline Svitras

Um bom home theater depende de quatro quesitos básicos: iluminação na medida, boa acústica, móveis confortáveis e equipamentos de qualidade. Sem eles não há nada. Ao escolher o ambiente que abrigará o home, é importante avaliar a incidência de luz, pois um espaço muito claro e com diversas aberturas pode prejudicar o conforto. As cortinas blackout, que barram a luminosidade, são muito recomendadas. Outra medida importante é escolher móveis e revestimentos feitos com materiais que absorvem o som. “Madeira e tecido, em cortinas e tapetes, ajudam a garantir boa acústica”, afirma a designer de interiores Iara Santos. Em certos casos, recomenda-se a instalação de espuma em algumas paredes e no teto, o que oferece um som mais limpo e uniforme.

 

O posicionamento dos componentes – sofá e tela – também consiste em característica fundamental. Não é recomendado colocar a tevê muito próximo de onde ficarão os espectadores. Quanto maior for a tela, de acordo com Iara, mais longe deverá ficar o sofá. Um modelo de 52 polegadas, por exemplo, tem de ser colocado, pelo menos, 3 metros distante do móvel.

 

Já a disposição das caixas de som varia de acordo com o equipamento escolhido. Atualmente, o modelo mais procurado é o 5.1 canais, no qual o subwoofer (reprodutor que expande o som) e uma das caixas ficam em frente ao projetor. Os outros alto-falantes são distribuídos nas laterais. Há também outras opções, variam conforme o objetivo e a quantidade de canais (caixas de som).

 

Em todos os exemplos, é possível equipar o ambiente com recursos de automação, que controlam a iluminação, a temperatura e a potência dos equipamentos. Aí, é só preparar a pipoca!

 

Tons neutros e texturas variadas são as marcas registradas do home theater assinado pela arquiteta Eliana de Sousa, de São Paulo (SP). O painel de tevê, feito com madeira rústica, se destaca e é a companhia perfeita para o papel de parede na cor ferrugem. O piso de porcelanato (Portinari) complementa o cenário. Para propiciar som e imagem perfeitos, Eliana optou por instalar lift motorizado, receiver estéreo, caixas acústicas, surround, blu-ray e projetor de vídeo. Uma manta de lã de rocha foi aplicada no teto para assegurar conforto acústico. As cortinas, o ar-condicionado, a iluminação e os sistemas de áudio e vídeo foram automatizados. | Foto: Daniel Mansur
« 1 de 5 »

 

Revista Casa E Construção Ed. 96