Para não se desgastar com o tempo, tapete adquirido em Taj Mahal é emoldurado

Texto Gabrielle Victoriano | Foto Raul Fonseca / Divulgação | Adaptação Web Evelyn Cristine

Para não se desgastar com o tempo, tapete adquirido em Taj Mahal é emoldurado

Uma viagem muito especial à Índia e um dia marcante no Taj Mahal foram as motivações para que o tapete, adquirido no passeio, tivesse um lugar especial neste quarto. Para os arquitetos Silvia Almeida e Marcel Cassamassa, da MIS Arquitetura, o ideal não era utilizá-lo do jeito mais convencional – ou seja, no piso –, porque isso faria que a delicada peça de seda, algodão e náilon se desgastasse com o tempo. A melhor alternativa, então, foi emoldurá-lo, valorizando ainda mais a tapeçaria e dando um lugar de maior destaque neste romântico dormitório, adornado por algumas peças provençais, como a cama e as arandelas.

Para não se desgastar com o tempo, tapete adquirido em Taj Mahal é emoldurado
Foto: Divulgação / Raul Fonseca

 

Revista Casa & Construção – Ed. 139