Tem suculentas em casa? Veja dicas e cuidados

Suculentas são bonitas e fáceis de cuidar, até mesmo para quem não tem experiência no assunto e para quem quer cultivá-las dentro de casa. Confira as dicas a seguir

Texto: Juliana Duarte | Fotos: Jess Vieira e Divulgação | Adaptação web Caroline Svitras

Elas estão em alta dentro e fora de casa. Podem ser usadas sem moderação em jardins verticais, composições com outras plantas e em vasos de diferentes tamanhos. Encaixam-se nesse grupo as espécies capazes de armazenar água em seus troncos, raízes ou folhas. Tal característica as torna bem resistentes a altas temperaturas – elas adoram sol – e ainda elimina a necessidade de regas diárias. “A manutenção é bem baixa. Dependendo do vaso, a rega pode acontecer a cada 15 dias, por exemplo”, afirma a paisagista Clariça Lima, de São Paulo (SP). Segundo ela, a quantidade de água deve ser bem pequena. “O excesso pode apodrecer a raiz das suculentas, por isso redobre o cuidado ao molhá-las”, explica a profissional.

 

Dicas e adubação

Quando for plantar uma suculenta, nunca jogue fora uma folha que se desprendeu, porque ela também cria pequenas raízes. Basta colocá-la para descansar em um local abrigado do sol e, quando a raiz aparecer, enterrá–la com muito cuidado a uma profundidade de mais ou menos 1,5 cm. A sua nova plantinha aparecerá em poucos dias!
A adubagem também é simples e pode ser feita uma vez ao ano, com produtos específicos para cactos e suculentas.

 

Dentro de casa? Pode, sim!

Elas são desérticas e gostam de muito sol. No entanto, alguns truques podem fazer as suas suculentas vingarem mesmo em ambientes internos.

Fazer as suculentas crescerem dentro de casa pode ser um desafio para quem não tem paciência ou habilidade. Mas, se você ama essas plantinhas, vale a pena estudar suas necessidades e investir um tempo em seu cultivo. Para começar sua jornada, Célia Fernandes, especialista em jardinagem, dá algumas dicas preciosas!

 


Cuidado com o vaso

Evite vasos que não possuem furos embaixo para permitir a drenagem – suculentas não gostam de solos encharcados nem umidade constante. Pode ser por isso, inclusive, que seus terrários parecem nunca prosperar. Além de perderem o viço (e poderem morrer), frequentemente suculentas nessas condições podem ser atacadas por pragas e doenças proporcionadas pelo solo úmido em excesso. “Prefira vasos de barro ou cerâmica esmaltada, pois eles permitem a circulação de ar e secam rapidamente o solo”, afirma Célia. Para aumentar a vida dessas plantinhas em um terrário ou vaso de vidro, tenha ainda mais cuidado com a quantidade de água colocada e mantenha-as em um local bem arejado, para estimular, então, a evaporação.

 

Sol

Elas precisam de pelo menos seis horas por dia de boa iluminação. Para isso, coloque-as apenas perto de janelas. A ausência de luz suficiente pode causar estiolamento das plantas (veja abaixo). “Se isso acontecer, corte o topo e faça nova germinação, gerando ainda mais mudas”, sugere Célia.

 

Revista Casa e Construção Ed. 129

Adaptado do texto “Beleza versátil”